Sumirê investe em linhas próprias de beleza e cuidados pessoais

A expectativa da rede de perfumaria paulista é que a venda dos itens de suas marcas represente 10% da receita até o ano 2025.

Com 74 lojas, todas localizadas no estado de São Paulo, a Sumirê é uma das maiores cadeias de perfumaria do Brasil. Inaugurada em 1984 por uma família de origem japonesa, a empresa começou a investir em marcas próprias de beleza e cuidados pessoais no ano passado. “Tínhamos esse desejo de ter em nosso portfólio produtos que fossem totalmente pensados por nós e decidimos que esse era o momento certo para desenvolvermos nossas próprias linhas”, diz a diretora-executiva Renata Minami.

Segundo Minami, para os consumidores a proposta é disponibilizar mais opções de produtos com preços competitivos e qualidade compatível a de marcas referência no varejo. “Conseguirmos oferecer preços mais justos devido à desoneração de custos supérfluos comumente transferidos aos produtos das marcas de indústria”. Quanto à qualidade dos itens, ela explica. “São realizados testes comparativos de desempenho e sensoriais de produto no processo de desenvolvimento de cada linha, além do acompanhamento pós-lançamento, para garantir o endosso da Sumirê às marcas”.

Já para a companhia, a diretora-executiva cita dois objetivos principais com a iniciativa de criar linhas próprias. “Entendemos que esta é uma forma de posicionar o nome da Sumirê no mercado e também de fidelizar o cliente, pois quando ele conhece o produto e gosta, sabe que só o encontrará em nossas lojas (além do e-commerce do grupo)”.

Até o final do primeiro semestre de 2022, cerca de 200 itens já haviam sido lançados pela rede. Eles estão divididos em quatros marcas de fabricação própria: a Muah, que reúne maquiagem, esmaltes e acessórios para o cabelo; a Minná, com itens para o cuidado pessoal, como lixas de unhas, algodão e bucha vegetal; a Meráki, com produtos de haircare; e a Kodomo, que atende às necessidades do público infantil.

Nós atuamos neste segmento há muitos anos. Pudemos entender cada passo do mercado, da cadeia de produção e manter um contato direto e próximo com os clientes nos pontos de venda. Esse conhecimento sobre o que eles procuram e precisam foi fundamental para a escolha e o desenvolvimento dos nossos produtos”, relata a diretora. Ela cita ainda que a relação com fornecedores e a disponibilidade de matéria-prima de qualidade foram decisivos para a definição das categorias em que a Sumirê iria atuar.

As linhas próprias da perfumaria vêm ganhando mais opções. Entre os últimos lançamentos estão o hidratante corporal da Minná e kits econômicos de xampu e condicionador da Meráki. Minami diz que as linhas seguirão em crescimento e que a Sumirê deve estrear em mais categorias em breve.

Para o segundo semestre deste ano, nosso objetivo é apresentar novidades no segmento de esmaltes, decorações para unhas, escovas de cabelo e produtos essenciais para o cuidado labial. Já para o próximo ano, a expectativa é aumentar em 20% o portfólio dos itens de fabricação própria, com produtos nas categorias de maquiagem, cuidado para a pele e coloração de cabelo”, ela anuncia.

Para a diretora-executiva da Sumirê, esse mercado tem ainda tem muito potencial. “Fora do Brasil, este tipo de ação já é bem popular. Por aqui ainda é mais comum em redes de supermercados. Mas acreditamos muito na marca própria e já temos produtos de nossas linhas entre os mais vendidos no grupo”, revela. A expectativa da rede é que a venda dos itens de marca própria represente 10% de sua receita até o ano 2025.

Fonte: https://www.brazilbeautynews.com/sumire-investe-em-linhas-proprias-de-beleza-e,4409